Redes Sociais

twitter facebook

[1#Rui Horta] Treinador de Futebol

Re: [1#Rui Horta] Treinador de Futebol

Mensagempor Milene Amaro em 22 Oct 2013, 21:33

Boa noite!

O que dizem os olhos de um treinador de futebol ? Qual o lema de vida ?
Milene Amaro
Acabado de Chegar
Acabado de Chegar
 
Mensagens: 1
Registado: 22 Oct 2013, 21:21

{ SO_SELECT }

{ SHARE_ON_FACEBOOK } Facebook { SHARE_ON_TWITTER } Twitter { SHARE_ON_ORKUT } Orkut { SHARE_ON_MYSPACE } MySpace

Re: [1#Rui Horta] Treinador de Futebol

Mensagempor Rui Horta em 22 Oct 2013, 21:43

Milene Amaro Escreveu:Boa noite!

O que dizem os olhos de um treinador de futebol ? Qual o lema de vida ?


Boa noite Milene. Essa é uma pergunta com uma resposta difícil, pois para além de treinadores, somos pessoas e cada um tem o seu olhar, a sua expressão. Os meus olhos dizem, confiança no plantel, orgulho em todos os elementos e motivação para o cumprimento dos nossos objectivos.
Quanto ao lema de vida, talvez um lema de Che Guevara que dizia "Prefiro morrer de pé, do que viver para sempre ajoelhado", pois é um tema que inspira luta, força e motivação para alcançar aquilo que queremos e desejamos. Tento encarar a vida sempre com a máxima motivação e força para enfrentar todos os obstáculos.

Cumprimentos!
Rui Horta
Acabado de Chegar
Acabado de Chegar
 
Mensagens: 11
Registado: 08 fev 2012, 23:00

Re: [1#Rui Horta] Treinador de Futebol

Mensagempor Ana Rita Ribeiro em 22 Oct 2013, 23:57

Rui Boa noite

Tenho duas perguntas para ti:

1.Qual é, para ti o numero ideal de jogadores para formar um plantel de cada equipa da formação (já que neste momento desempenhas funções de coordenador)? Porquê?

2. Quais são as principais dificuldades que tens encontrado neste novo cargo?

Obrigado, e aproveito para referir que foi um prazer trabalhar contigo.
Ana Rita Ribeiro
Acabado de Chegar
Acabado de Chegar
 
Mensagens: 2
Registado: 22 Oct 2013, 01:55

Re: [1#Rui Horta] Treinador de Futebol

Mensagempor Rui Horta em 23 Oct 2013, 00:34

Ana Rita Ribeiro Escreveu:Rui Boa noite

Tenho duas perguntas para ti:

1.Qual é, para ti o numero ideal de jogadores para formar um plantel de cada equipa da formação (já que neste momento desempenhas funções de coordenador)? Porquê?

2. Quais são as principais dificuldades que tens encontrado neste novo cargo?

Obrigado, e aproveito para referir que foi um prazer trabalhar contigo.


Boa noite Rita, vou responder às tuas questões usando a numeração que utilizaste. Deixa-me só referir que sou coordenador da escola de formação e não da formação do URD Tires, mas mesmo assim dou-te a minha opinião relativa às tuas perguntas.

1- Petizes e Traquinas - O número de jogadores não acho que deva ter limite, admitindo que se criam grupos de trabalho de 6 jogadores com um treinador cada por exemplo. Permite um treino mais individualizado, permitindo melhorar as capacidades coordenativas e técnicas de cada jogador, elementos que devem estar em foco nestas idades.
Futebol 7 - No futebol de 7 o plantel deve ter no mínimo 12 elementos e no máximo 15 elementos. Menos pode causar problemas a nível das convocatórias, e mais do que 15 é excessivo, pois com 15 elementos, já ficam três de fora o que não deveria acontecer, e mais do que três jogadores de fora, não é bom, pois mesmo num sistema de rotatividade, os jogadores vão perder oportunidades de jogar e em treino é um número elevado para trabalhar com crianças que ainda precisam de um trabalho muito individualizado.
Futebol 11 - Os planteis de futebol 11 deve ter entre 18 e 20 jogadores se for em escalões até aos juniores. Tendo em conta que podem ser convocados 18 jogadores para o jogo, este deve ser o número mínimo de jogadores num plantel, e 20 pois um número superior tal como referi no futebol de 7, obriga a deixar muitos jovens fora da convocatória e assim estancar a evolução deles. O treinador deve na minha opinião procurar ter dois jogadores que desempenhem as mesmas posições e campo podendo ser por exemplo um defesa que pode jogar como defesa central e como defesa lateral.

2- As maiores dificuldades que encontrei foram ao nível da aceitação de um projecto de raiz que chocou com a mentalidade das pessoas envolvidas, mais propriamente dos encarregados de educação das crianças, pois o modelo desta escola não visa nenhum objectivo competitivo, sendo por exemplo os jogos de 15 em 15 dias e entre jogadores da escola, fazendo uma liga interna. Os objectivos técnicos, coordenativos e cognitivos são aqueles que tem uma maior incidência em todo o macrociclo da época, e o facto de não se realizarem os habituais ensinamentos do que é a táctica (circulações tácticas, saídas a jogar pelo guarda-redes, etc), criou um choque naquilo que é a realidade futebolística de quem está de fora. O conselho que dou é que se realize uma reunião com os encarregados de educação no início e se explique todo o projecto, situação que eu fiz e que teve resultados positivos.

Cumprimentos Rita, foi para mim um prazer também trabalhar contigo!
Rui Horta
Acabado de Chegar
Acabado de Chegar
 
Mensagens: 11
Registado: 08 fev 2012, 23:00

Re: [1#Rui Horta] Treinador de Futebol

Mensagempor Tânia Filipa em 30 Oct 2013, 23:18

Boa noite Rui
Desde já felicito-o pelo seu sucesso e pelo fato de ter seguido a sua carreira até agora.
As minhas perguntas têm por base a questão dos estudos e do trabalho, que é algo que na carreira do desporto não tem por vezes o seu reconhecimento geral.
1- Sempre conseguiu relacionar os seus estudos com o seu trabalho?
2-Acha que sempre seguiu o caminho certo (em relação aos estudos) ao longo da sua carreira para conseguir chegar onde se encontra hoje a nivel profissional?
3-Quais as etapas mais dificeis para chegar ao cargo de treinador?
4-O que lhe dá mais gosto de fazer na sua profissão?

Despeço-mo assim desejando-lhe uma boa sorte e muitos mais anos de carreira pela frente.
Tânia Filipa
Acabado de Chegar
Acabado de Chegar
 
Mensagens: 1
Registado: 30 Oct 2013, 01:03

Re: [1#Rui Horta] Treinador de Futebol

Mensagempor Alexandre S em 31 Oct 2013, 16:16

Boa tarde Rui,

gostaria de começar por felicita-lo por todo o trabalho que desenvolveu até hoje, pois tenho seguido o que tem feito, e desde o ensino do jogo ao respeito e educação que as suas equipas apresentam, você é um caso de sucesso no futebol de formação em Portugal.

1- Quais os principais objectivos que pede aos seus atletas de formação (futebol 7) antes de cada jogo?

2- Considera importante a relação jogador-atleta?

Aguardo as suas respostas. Cumprimentos!

AS
Alexandre S
Acabado de Chegar
Acabado de Chegar
 
Mensagens: 2
Registado: 30 Oct 2013, 16:37

Re: [1#Rui Horta] Treinador de Futebol

Mensagempor Rui Horta em 31 Oct 2013, 21:44

Tânia Filipa Escreveu:Boa noite Rui
Desde já felicito-o pelo seu sucesso e pelo fato de ter seguido a sua carreira até agora.
As minhas perguntas têm por base a questão dos estudos e do trabalho, que é algo que na carreira do desporto não tem por vezes o seu reconhecimento geral.
1- Sempre conseguiu relacionar os seus estudos com o seu trabalho?
2-Acha que sempre seguiu o caminho certo (em relação aos estudos) ao longo da sua carreira para conseguir chegar onde se encontra hoje a nivel profissional?
3-Quais as etapas mais dificeis para chegar ao cargo de treinador?
4-O que lhe dá mais gosto de fazer na sua profissão?

Despeço-mo assim desejando-lhe uma boa sorte e muitos mais anos de carreira pela frente.


Boa noite Tânia, muito obrigado pelas palavras simpáticas.

1- Sim, sempre relacionei bem os estudos com o meu trabalho enquanto treinador. Quando fui para a faculdade já era treinador e queria continuar a treinar. Quando saiu o resultado das colocações eu já estava em Rio Maior a treinar o Núcleo Sportinguista de Rio Maior à duas semanas, pois tinha a certeza de que entraria na Escola Superior de Desporto de Rio Maior e porque não queria parar de fazer aquilo que gosto e que me dá mais prazer. Relacionar os dois dependeu sempre da capacidade de organização do tempo disponível, com umas noites mais curtas do que outras para estudar, mas sempre com a consciência de que era um esforço que seria recompensado através da evolução que o trabalho no terreno me poderia proporcionar.

2- Os meus estudos foram relacionados com o treino, pois eu licenciei-me em Treino Desportivo (Modalidade - Futebol) na Escola Superior de Desporto de Rio Maior. Sempre quis aliar a base teórica que poderia adquirir na faculdade com a experiência de estar no terreno com pessoas conhecedoras do que é o treino e foi isso que fiz. Por isso posso dizer que sim, sempre segui o caminho certo!

3- Para chegar a treinador de futebol o passo mais difícil é reconhecer-mos para nós próprios que não sabemos tanto de futebol como pensamos e que o censo comum não é suficiente para poder ser responsável pelo planeamento e condução de um treino/época. Este é o passo mais difícil, pois todos sabemos que qualquer pessoa é treinador, nem que seja de bancada, e que por vezes utilizam o facto de ver futebol à 20 ou 30 anos como desculpa para perceber de treino. Por isso, primeiro assumir que não sabemos tudo nem muito de futebol, depois aprender, e depois podemos então iniciar o percurso como treinador de futebol.

4- Esta é uma pergunta com uma resposta difícil, pois existem tantas coisas que me fazem sentir bem nesta profissão, mas quando se trata de escalões de formação, aquilo que me dá mais prazer é olhar para a evolução de cada jogador a cada dia, e no final da época olhar para trás e ver que a evolução foi feita, que houve progressos. Ver uma equipa e um jogador crescer e ser parte integrante desse crescimento é uma sensação única nesta profissão.

Cumprimentos, muito obrigado pelas perguntas e pelo apoio.
Rui Horta
Acabado de Chegar
Acabado de Chegar
 
Mensagens: 11
Registado: 08 fev 2012, 23:00

Re: [1#Rui Horta] Treinador de Futebol

Mensagempor Rui Horta em 31 Oct 2013, 21:52

Alexandre S Escreveu:Boa tarde Rui,

gostaria de começar por felicita-lo por todo o trabalho que desenvolveu até hoje, pois tenho seguido o que tem feito, e desde o ensino do jogo ao respeito e educação que as suas equipas apresentam, você é um caso de sucesso no futebol de formação em Portugal.

1- Quais os principais objectivos que pede aos seus atletas de formação (futebol 7) antes de cada jogo?

2- Considera importante a relação jogador-atleta?

Aguardo as suas respostas. Cumprimentos!

AS


Boa noite Alexandre!

1- Os objectivos que peço são sempre derivados ao trabalho que foi realizado em treino, utilizando o jogo como mais um treino para por em prática aquilo que foi aprendido. Exijo sempre que cada jogador dê o máximo de si em todos os momentos, pois isto depende de cada um e só eles podem controlar este factor. Depois como disse são estabelecidos objectivos de acordo com o que foi treinado.

2- A relação treinador-atleta (penso que era isto que estava a perguntar) é no meu ponto de vista a relação mais importante de todas. Para mim, todos os jogadores são membros de uma família, com laços fortes que se criam e que a amizade e a confiança devem ser o principal elo de ligação entre eles. Eu sou amigo de todos os meus atletas e já tive momentos muito especiais e marcantes com alguns atletas que por confiarem em mim e verem em mim um amigo, chamaram-me para os ajudar em algum momento da sua vida. Se um treinador quer que os jogadores se sintam à vontade para exprimir a sua opinião sobre um objectivo num exercício ou jogo, os jogadores têm de ter confiança nele, para poder exprimir a sua opinião. Para além do mais, sinto que o treinador tem de tentar ser melhor todos os dias pelos seus atletas, e os atletas devem correr pelo treinador em todos os momentos da época, e isso pode-se atingir mais facilmente através de uma relação de confiança e respeito.

Obrigado pelas palavras de apoio, é muito gratificante ler aquilo que escreveu.
Cumprimentos!
Rui Horta
Acabado de Chegar
Acabado de Chegar
 
Mensagens: 11
Registado: 08 fev 2012, 23:00

Re: [1#Rui Horta] Treinador de Futebol

Mensagempor Alexandre S em 15 nov 2013, 14:58

Boa tarde Rui,

antes de mais permita-me agradecer pelas suas palavras.

Quais são os maiores problemas para si "controlam" o futebol de formação em Portugal?

A sua postura varia de escalão para escalão (tendo em conta que treina três completamente distintos este ano) mesmo sendo dentro do próprio clube? Se muda, sente que isso pode trazer problemas a si enquanto treinador?

Cumprimentos
Alexandre S
Acabado de Chegar
Acabado de Chegar
 
Mensagens: 2
Registado: 30 Oct 2013, 16:37

Re: [1#Rui Horta] Treinador de Futebol

Mensagempor Rui Horta em 15 nov 2013, 22:55

Alexandre S Escreveu:Boa tarde Rui,

antes de mais permita-me agradecer pelas suas palavras.

Quais são os maiores problemas para si "controlam" o futebol de formação em Portugal?

A sua postura varia de escalão para escalão (tendo em conta que treina três completamente distintos este ano) mesmo sendo dentro do próprio clube? Se muda, sente que isso pode trazer problemas a si enquanto treinador?

Cumprimentos


Boa noite Alexandre!

1 - O maior problema do futebol de formação em Portugal começa pelos quadros competitivos, muito próximos aos quadros competitivos dos escalões seniores, que levam os praticantes e os encarregados de educação destes a pensar e agir com orientações completamente orientadas para o ego, o resultado, o ganhar, o vencer ganha uma dimensão bíblica nas prioridades de cada um. O futebol de formação está pouco orientado para a tarefa (performance), para o desenvolvimento da compreensão do jogo, mas sim para formas de jogar padronizadas e orientadas pelo treinador, quase como um controlo remoto, em que os jogadores não pensam no jogo, e jogam por instinto.
O jogador que não pode driblar um adversário, mas que tem de chegar a atleta sénior e saber fintar dois adversários como o Cristiano Ronaldo, mas no seu processo de formação, não teve oportunidade para aprender e experimentar driblar um adversário.
O comportamento dos encarregados de educação é também um problema no futebol de formação, não em todos os casos como é óbvio, mas numa grande percentagem de casos, em que assumem um papel critico e de ataque ao treinador de formação, sendo este o único individuo num campo de futebol que parece não perceber nada de futebol. O futebol é um fenómeno de escala mundial, mas o facto de todos nós vermos futebol e jogarmos futebol, não nos garante que tenhamos competências para ser treinador de futebol, muito menos treinador de futebol de formação, pois se assim fosse a formação de treinadores era desnecessária e se estes comportamentos se alastram a todas as profissões passamos a viver num mundo anárquico, sem respeito pelo próximo, pelas capacidades do próximo e sem consciência de qual o nosso papel.
A formação de treinadores de futebol, deveria também ser mais rigorosa, obrigando a que quem trabalha com crianças, em primeiro lugar tenha conhecimento do que é uma criança, o que é a formação de um atleta e o que é o jogo de futebol.

2- Sim a minha postura varia de escalão para escalão. Na escola de formação tenho uma forma de agir completamente virada para o conceito que a nossa escola adquiriu com este novo projecto, onde o principal objectivo é promover prática desportiva aos atletas, dotando-os de capacidades motoras fundamentais que servirão de base para o futuro trabalho específico da modalidade. A minha postura é de um treinador amigo, disciplinador, exigente, mas que promove um ambiente de aprendizagem sem a palavra resultado ou competição inserida. No escalão de benjamins a postura não varia muito da apresentada na escola de formação, pois estes ainda se encontram num processo de formação inicial o principal objectivo é o desenvolvimento das competências de cada um, sem mais uma vez, qualquer interesse no resultado do jogo e a competição propriamente dita. A vertente da exigência e da disciplina acompanham-me em todos os processos de treino e em todos os escalões. No escalão de juvenis a minha postura é diferente, pois para além do desenvolvimento e da performance de cada jogador, a equipa tem objectivos competitivos e exige algumas alterações no comportamento e no modo de liderança de um treinador de futebol. Mas posso resumir como aspectos fundamentais e transversais da minha postura a todos os escalões, o rigor, a disciplina, a exigência e a seriedade no processo.
Não sinto que seja um problema, até pelo contrário, sinto que deve ser visto e reconhecido como um aspecto positivo e que mostra conhecimento das funções que desempenho em cada escalão em que estou envolvido.

Cumprimentos,
Rui Horta
Rui Horta
Acabado de Chegar
Acabado de Chegar
 
Mensagens: 11
Registado: 08 fev 2012, 23:00

AnteriorPróximo

Voltar para Entrevistas com as Estrelas

Quem está ligado:

Utilizador a ver este Fórum: Nenhum utilizador registado e 1 visitante