Redes Sociais

twitter facebook

CANDIDATO JOAQUIM REIS QUER MANTER MODELO SDUQ NA ACADÉMICA

CANDIDATO JOAQUIM REIS QUER MANTER MODELO SDUQ NA ACADÉMICA

Mensagempor Maria Coelho em 20 mai 2019, 07:48

https://thumbs.web.sapo.io/?epic=OGY0L39BkWcSL2iAW3DZkPZSWj4mnnbuNXdzJDlpPjSgsJY7iEdh6fBvC36x526Ylgk40AUuS0HlcBGPuF7R71aqFd6yQ+dh19f8HBy67GdjIFo=&W=800&H=0&delay_optim=1

À Mesa da Assembleia Geral, a Lista B candidata o médico António Preto, que já esteve 14 anos ligados aos órgãos sociais da ‘briosa’.

O candidato da Lista B às eleições da Académica - Organismo Autónomo de Futebol, Joaquim Reis, assegurou hoje que, se for eleito, o clube vai manter o atual modelo de Sociedade Desportiva Unipessoal por Quotas (SDUQ).

Na apresentação da lista, numa unidade hoteleira da cidade de Coimbra, sob o lema ‘Por uma Académica Soberana’, Joaquim Reis salientou que o modelo referendado pelos sócios em maio de 2013 (SDUQ) é aquele que irá vigorar.

"Notícias recentes, que nunca foram desmentidas nem confirmadas pela atual direção, trouxeram-nos a hipótese de a Académica e os seus sócios estarem prestes a serem confrontados com uma inevitabilidade, que é a eventual perda do controlo maioritário da sociedade desportiva que gere o futebol", alertou o candidato.

O médico Joaquim Reis, antigo vice-presidente da direção entre 2014 e 2016, na altura liderada por José Eduardo Simões, adiantou que o programa da candidatura vai ser apresentado nos próximos dias.

Sobre a "conhecida" situação financeira do clube, o candidato da Lista B frisa que a opção é entre "deixar cair os braços e ir pela via mais fácil, ou ir à luta à procura de soluções, e nós escolhemos esta última via".

"A Académica tem capacidade e ferramentas para proporcionar aumento de receitas. Temos uma marca única, que pouco ou nada tem sido explorada, e só aí pode estar a cobertura do défice crónico de todos os anos", referiu.

Para Joaquim Reis, um mandato bem sucedido "será aquele em que, no final, a Académica tenha uma melhor situação desportiva, mais património, mais sócios ativos, mais atletas da e na formação e maior envolvimento com entidades, instituições e empresas da região".

À Mesa da Assembleia Geral, a Lista B candidata o médico António Preto, que já esteve 14 anos ligados aos órgãos sociais da ‘briosa’.

Para a liderança do Conselho Fiscal, foi apresentado Joaquim Freire, presidente da Casa da Académica em Lisboa.

O mandatário é o advogado Jaime Dória Cortesão.

Joaquim Reis vai disputar as eleições para a direção da Académica, marcadas para o dia 01 de junho, com o atual presidente Pedro Roxo, que se recandidata ao cargo que assumiu em 2017, após a demissão apresentada por Paulo Almeida, do qual era vice-presidente.

In SapoDesporto
Maria Coelho
Moderador
Moderador
 
Mensagens: 12170
Registado: 13 mai 2019, 22:05

{ SO_SELECT }

{ SHARE_ON_FACEBOOK } Facebook { SHARE_ON_TWITTER } Twitter { SHARE_ON_ORKUT } Orkut { SHARE_ON_MYSPACE } MySpace

Voltar para Associação Académica de Coimbra - O.A.F.

Quem está ligado:

Utilizador a ver este Fórum: Nenhum utilizador registado e 1 visitante