Redes Sociais

twitter facebook

CANDIDATO JOAQUIM REIS QUER MANTER MODELO SDUQ NA ACADÉMICA

Imagem

CANDIDATO JOAQUIM REIS QUER MANTER MODELO SDUQ NA ACADÉMICA

Mensagempor Maria Coelho em 20 mai 2019, 08:48

https://thumbs.web.sapo.io/?epic=OGY0L39BkWcSL2iAW3DZkPZSWj4mnnbuNXdzJDlpPjSgsJY7iEdh6fBvC36x526Ylgk40AUuS0HlcBGPuF7R71aqFd6yQ+dh19f8HBy67GdjIFo=&W=800&H=0&delay_optim=1

À Mesa da Assembleia Geral, a Lista B candidata o médico António Preto, que já esteve 14 anos ligados aos órgãos sociais da ‘briosa’.

O candidato da Lista B às eleições da Académica - Organismo Autónomo de Futebol, Joaquim Reis, assegurou hoje que, se for eleito, o clube vai manter o atual modelo de Sociedade Desportiva Unipessoal por Quotas (SDUQ).

Na apresentação da lista, numa unidade hoteleira da cidade de Coimbra, sob o lema ‘Por uma Académica Soberana’, Joaquim Reis salientou que o modelo referendado pelos sócios em maio de 2013 (SDUQ) é aquele que irá vigorar.

"Notícias recentes, que nunca foram desmentidas nem confirmadas pela atual direção, trouxeram-nos a hipótese de a Académica e os seus sócios estarem prestes a serem confrontados com uma inevitabilidade, que é a eventual perda do controlo maioritário da sociedade desportiva que gere o futebol", alertou o candidato.

O médico Joaquim Reis, antigo vice-presidente da direção entre 2014 e 2016, na altura liderada por José Eduardo Simões, adiantou que o programa da candidatura vai ser apresentado nos próximos dias.

Sobre a "conhecida" situação financeira do clube, o candidato da Lista B frisa que a opção é entre "deixar cair os braços e ir pela via mais fácil, ou ir à luta à procura de soluções, e nós escolhemos esta última via".

"A Académica tem capacidade e ferramentas para proporcionar aumento de receitas. Temos uma marca única, que pouco ou nada tem sido explorada, e só aí pode estar a cobertura do défice crónico de todos os anos", referiu.

Para Joaquim Reis, um mandato bem sucedido "será aquele em que, no final, a Académica tenha uma melhor situação desportiva, mais património, mais sócios ativos, mais atletas da e na formação e maior envolvimento com entidades, instituições e empresas da região".

À Mesa da Assembleia Geral, a Lista B candidata o médico António Preto, que já esteve 14 anos ligados aos órgãos sociais da ‘briosa’.

Para a liderança do Conselho Fiscal, foi apresentado Joaquim Freire, presidente da Casa da Académica em Lisboa.

O mandatário é o advogado Jaime Dória Cortesão.

Joaquim Reis vai disputar as eleições para a direção da Académica, marcadas para o dia 01 de junho, com o atual presidente Pedro Roxo, que se recandidata ao cargo que assumiu em 2017, após a demissão apresentada por Paulo Almeida, do qual era vice-presidente.

In SapoDesporto
Maria Coelho
Moderador
Moderador
 
Mensagens: 4302
Registado: 13 mai 2019, 23:05

{ SO_SELECT }

{ SHARE_ON_FACEBOOK } Facebook { SHARE_ON_TWITTER } Twitter { SHARE_ON_ORKUT } Orkut { SHARE_ON_MYSPACE } MySpace

Voltar para Associação Académica de Coimbra - O.A.F.

Quem está ligado:

Utilizador a ver este Fórum: Nenhum utilizador registado e 1 visitante